5 maneiras de usar SEO para receber mais visitas no seu site
Atualizado

Os principais mecanismos de pesquisa têm como objetivo oferecer a melhor experiência possível aos usuários, fornecendo informações relevantes. Então, produzir conteúdo de qualidade acaba sendo um fator crucial para que você tenha sucesso na utilização de SEO.

  1. Conteúdo relevante, original e de qualidade

Desde 2011, o Google vem lançando uma série de “Atualizações Panda”, com o intuito de detectar sites com “conteúdo superficial”. Com essas atualizações, qualquer site que exibir conteúdo classificado como plágio ou cópia e que tenha informações duplicadas ou excesso de palavras-chave, sofrerá uma queda no ranking do Google. Mas então, como evitar problemas com o Panda?

Acima de tudo, é importante que você produza conteúdo útil e relevante para os usuários. Ele deve ser único, atraente e agregar valor aos visitantes. Para que você tenha um bom posicionamento em mecanismos de pesquisa, é crucial que o conteúdo que você produz ofereça uma experiência positiva para os usuários.

O conteúdo que você oferece não apenas agrega valor aos clientes e dá razões para que eles visitem seu site, mas também os motiva a permanecerem na sua página. Isso permite com que os tomadores de decisão utilizem os seus serviços, e não os da concorrência.

*Dica: uma das indicações de um conteúdo de qualidade inferior é uma taxa de cliques baixa e/ou uma taxa de rejeição alta. Nesses casos, talvez seja interessante que você reescreva o conteúdo da página.

  1. Pense nas palavras-chave

Receber muitas visitas em seu site é ótimo, mas o mais importante é atrair o tipo certo de visitantes. Para garantir que as pessoas que visitam o seu site sejam de fato o seu público alvo, você precisa ter certeza de que está utilizando as palavras-chave corretas.

Digamos que a sua propriedade seja um hotel em Seattle e você esteja utilizando a palavra-chave “museu de arte de seattle”. Nesse caso, é provável que você tenha um posicionamento baixo, já que a maioria das pessoas pesquisando por esse termo não está à procura de um hotel. Ao invés disso, você pode ter resultados bem melhores se alterar a palavra-chave para “hotéis perto do museu de arte de seattle”.

*Dica: geralmente, um site de hotel deve ser otimizado para as palavras-chave que abordem sua marca e localização. Caso o seu site não inclua qualquer menção à sua marca ou localização, você provavelmente não terá um bom posicionamento com relação a esses termos. Lembre-se também de incluir as atrações perto da sua propriedade quando estiver considerando as palavras-chave que vai utilizar.

  1. Uso de palavras-chave

Ao produzir seu conteúdo, nós recomendamos que você selecione uma palavra-chave e desenvolva o conteúdo ao redor dela. O Google dá bastante importância ao conteúdo orgânico, então não tente encaixar uma palavra-chave à força. Ao invés disso, produza conteúdo que soe natural e lógico. Abaixo, você vai encontrar uma lista de locais recomendados para incluir as palavras-chave:

  • Meta título e meta descrição
  • Heading tags H1 e H2
  • Corpo do texto
  • URL
  • Otimização de imagens com o uso de “texto alternativo” (atributo “alt”) - Figuras não podem ser lidas pelos mecanismos de pesquisa e, por isso, as palavras-chave devem ser posicionadas no atributo “alt” das imagens

mceclip1.png

Os mecanismos de pesquisa também possuem uma ferramenta de sinônimos que permite que você crie variações naturais de palavras-chave e alcance o mesmo público alvo. Contar com variações naturais de conteúdo tem se tornado uma prática de SEO cada vez mais comum e com certeza deve ser levada em consideração caso você queira melhorar o seu posicionamento nos mecanismos de pesquisa.

 Screen_Shot_2017-06-22_at_3.46.41_PM.png

  1. Posicionamento de palavras-chave

Depois de escolher suas palavras-chave, pense onde elas serão posicionadas na sua página. Uma página pode ser dividida em diferentes partes, como: cabeçalho, corpo do texto, barras laterais, rodapé, entre outras. Quando se trata de SEO, o algoritmo do Google dá mais importância às palavras-chave que estão posicionadas no cabeçalho e no corpo do texto, ao invés daquelas que se encontram em outros lugares da página, como o rodapé. Isso significa que é mais vantajoso que você insira suas palavras-chave no cabeçalho e entre as 80 a 100 primeiras palavras do corpo do seu texto.

  1. Quantidade de conteúdo

Apesar de não existir uma quantidade “ideal” de conteúdo, uma boa contagem de palavras por página seria de aproximadamente 500 a 800 palavras. Ainda assim, é possível que uma página tenha uma boa performance em termos de SEO com mais ou menos palavras do que isso. Isso é porque os mecanismos de pesquisa também levam em consideração a relevância e a utilidade do conteúdo, e não apenas a quantidade.

Nós recomendamos o uso de 500 a 800 palavras porque, ainda assim, você vai precisar descrever sua propriedade para pessoas que nunca estiveram lá - além de convencê-las a reservar com você.

Na verdade, o Google tem uma tendência a favorecer conteúdos mais longos ao invés de conteúdos reduzidos. Então, pode ser que você perceba que mesmo ao fornecer informações básicas como “O quê?”, “Quem?”, “Onde?” e “Por quê?”, seu posicionamento não seja tão bom quanto você esperava.

Se você quiser saber mais sobre SEO, confira os artigos em nosso blog.